School 2013: um drama adolescente diferente

Nada melhor para começar 2018 com um drama da série “School”. Para quem não conhece, normalmente são dramas que abordam algum determinado assunto com foco na vida adolescente. O meu favorito é, sem dúvida alguma, o School 2013.

 

CUIDADO! Contém spoilers!

 

Talvez seja pelo simples fato de que envolve um pouco de gangues (é, isso mesmo, gangues!, e eu adoro esse assunto) e confusão adolescente que foge daquele clichê que estamos acostumados.

Ou pelo simples fato de que aborda inúmeros temas que estão presentes no dia a dia dos jovens hoje.

 

Temas abordados:

1) bullying;

2) agressão dos pais (física e verbal);

3) pressão escolar;

4) descaso do próprio colégio e de alguns professores;

5) dificuldade dos próprios adolescentes em poder se abrir com alguém de confiança e expressar o que estão sentindo.

 

Enfim, o fato de ter diversos personagens e cada um com a sua própria história onde um desses temas é abordado, mesmo que não tão aprofundado, faz com o que o encanto por esse drama aumente ainda mais.

Além disso, tem um foco muito maior na amizade, não dando muita bola para o fator romance, algo raríssimo.

De qualquer modo, eu acho que School 2013 teve uma abordagem muito diferente dos costumeiros dramas escolares e focou-se em pontos interessantes como praticar o perdão e ajudar o próximo.

É, eu só tenho elogios a tecer por esse drama, então sei que sou suspeita demais. Já reassisti ele uma vez e às vezes fico voltando em determinados episódios só para ver algumas de minhas cenas favoritas.

Deixo aqui um infográfico falando sobre alguns personagens marcantes da história:

 

Infográfico school 2013

Compartilhe

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu