RESENHA: W — Two Worlds

RESENHA: W — Two Worlds

Hoje vou indicar um drama que eu amei de paixão acompanhar em 2016, W – Two Worlds.

 

CUIDADO! Contém spoilers!

 

Drama: W — Two worlds

Hangul: 더블유

Diretor: Jung Dae-Yoon

Escritor: Song Jae-Jung

Empresa: MBC

Episódios: 16

 

Sinopse

Oh Yeon Joo (Han Hyo-Joo) é uma residente de cirurgia cardio torácica do segundo ano. Seu pai, um famoso artista dos quadrinhos, desaparece subitamente um dia e, logo depois, a própria Yeon Joo é levada por um homem estranho, coberto de sangue, e vai parar em outra dimensão.

Kang Chul (Lee Jong Suk) é um medalhista de ouro olímpico em tiro esportivo e um empreendedor milionário em busca do assassino de sua família.

Quando Yeon Joo vai parar no mundo de Kang Chul, é que as coisas começam a ficar complicadas.

 

Personagens principais

 

Seo Do Yoon e Kang Chul W
Fonte: MBC

 

Lee Jong Suk como Kang Chul

É o personagem principal do webtoon chamado W, escrito por Oh Sung Moo (Kim Eui Sung). Na história do webtoon ele é um CEO famoso e muito rico, medalhista olímpico em tiro.

Sua família foi assassinada misteriosamente e ele foi o primeiro suspeito, visto que todas as mortes foram com apenas um tiro em casa, algo que apenas um profissional seria capaz, como era o caso de Kang Chul.

Após toda a confusão, Kang Chul se torna um respeitado empreendedor e utiliza de sua fortuna para descobrir o que realmente aconteceu na noite do assassinato de sua família.

É em um desses momentos atrás do verdadeiro assassino que ele é gravemente ferido e, então, seu encontro com Oh Yeon Joo acontece.

Oh Yeon Joo e Kang Chul W
Fonte: MBC

 

 

Han Hyo Joo como Oh Yeon Joo

Ela é uma médica residente no hospital Myung Se. É filha do famoso criador do webtoon W, Oh Sung Moo.

Seus colegas de trabalho são fãs do webtoon, principalmente seu chefe.

O sucesso é grande e seu pai tem trabalhado demais, não tendo tempo para quase nada. Em uma das visitas ao estúdio de criação e casa de seu pai, ela descobre que ele sumiu sem deixar qualquer notícias, porém com o webtoon aberto na tela de computador.

E é aí que seu encontro com Kang Chul acontece.

 

História

 

W TWO WORLDS POSTER
Fonte: MBC

 

A história gira em torno do fato de que Yeon Joo consegue ir parar em um mundo completamente diferente do seu, mais precisamente no mundo criado por seu pai, o mundo do webtoon W, onde Kang Chul vive e é o personagem principal.

Yeon Joo não faz ideia do que aconteceu, mas age com seu instinto de médica quando vê Kang Chul ensanguentado no chão do terraço de um prédio. É até bem engraçado, porque o correto seria a pessoa entrar em pânico ao ver tanto sangue e um lugar completamente diferente de onde você estava, mas como ela acordou no lugar e precisava ajudá-lo, ela fez sem maiores questionamentos.

Ela percebe o quanto as coisas estão realmente estranhas, porém, quando retorna ao próprio mundo e vê seu rosto estampado no webtoon, salvando o personagem principal exatamente como havia feito. Todas as suas ações e falas estavam projetadas na história, e não podia ser seu pai, uma vez que ele ainda estava desaparecido.

A partir daí Yeon Joo e Kang Chul tem vários outros encontros malucos tentando descobrir o que está acontecendo para ter essa colisão entre os dois mundos.

Kang Chul acredita que ela é a “peça chave” para sua vida e Yeon Joo tenta descobrir como e por qual motivo ela vai parar dentro do webtoon e como sair dele.

A história é cheia de momentos divertidos e eles desenvolvem um relacionamento muito especial e bonito.

Kang Chul não é do tipo que confia em qualquer um, mas mesmo assim ele dá o benefício da dúvida para Yeon Joo quando, aos poucos, ela vai conquistando seu espaço ao mostrar que o conhece melhor do que ele imagina.

 

Opinião

Mas quem pensa que W é apenas romance e comédia está muito enganado. Eu perdi as contas de quantos momentos eu surtei com o suspense que colocaram ao redor do assassino da família de Kang Chul e das coisas que aconteciam, ou dos momentos mais tensos.

Além disso, há cenas de partir o coração que me fizeram chorar e desejar pausar o drama pra parar de sofrer, mas ao mesmo tempo querendo mais porque eu adoro o que eu sinto quando o problema do casal não são triângulos amorosos.

Gosto do fato de que o drama trata de um relacionamento mais adulto, então é tudo bem divertido e gostoso de acompanhar — ao menos do meu ponto de vista.

Ah, e o plot twist… o plot twist que teve nessa história me deixou maluquinha. Não é novidade pra ninguém que eu gosto daquele momento em que tudo vira de ponta cabeça e você fica olhando pra tela pensando “o que foi que acabou de acontecer aqui?”. É, foi mais ou menos isso que aconteceu comigo quando assisti W.

Eu sou extremamente suspeita para falar desse drama, pois é um dos meus favoritos do Lee Jong Suk e da vida. Acompanhei quando saiu e assistiria tudo de novo (outra vez) se tivesse tempo.

 

Yoon So Hee W
Fonte: MBC

 

Personagens ao redor de Kang Chul

 

— Jung Yoo Jin como Yoon So Hee

Assistente e amiga próxima.

 

— Lee Tae Hwan como Seo Do Yoon

Guarda costas e amigo próximo.

 

— Park Won Sang como Han Cheol Ho

 

— Cha Kwang Soo como Son Hyun Seok

 

 

Personagens ao redor de Yeon Joo

 

— Kim Eui Sung como Oh Sung Moo

Pai de Yeon Joo e o criador do webtoon W.

 

— Lee Si Eon como Park Soo Bong

Um dos assistentes de Oh Sung Moo e amigo de Yeon Joo durante a história.

 

— Nam Gi Ae como Gil Soo Sun

Mãe de Yeon Joon e ex-mulher de Oh Sung Moo.

 

— Heo Jung Do como Park Min Soo

Trabalha com Yeon Joo e é fã do webtoon W.

 

— Kang Ki Young como Kang Suk Bum

 

— Lee Se Kang como Gil Soo Young

 

— Ryu Hye Rin como Sun Mi

Uma das assistentes de Oh Sung Moo.

 

— Yang Hye Ji como Yorem Hee

Uma das assistentes de Oh Sung Moo.

 

 

Assista W no DramaFever ou Viki!

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu